Quem somos

A preparação e formação de agentes públicos e políticos é fator motriz de desenvolvimento social e econômico e requer a existência de instituições de ensino aptas a ofertarem cursos que possam promover aos seus participantes a capacidade técnica, as habilidades e as competências e dar suporte ao estabelecimento dos direitos e garantias individuais dos cidadãos expressos na Constituição Federal e Estadual.

Assim, a Escola do Legislativo da Paraíba foi criada em 29 de agosto de 2003, com o objetivo de oferecer suporte conceitual de natureza técnico-administrativa às atividades da Assembleia Legislativa da Paraíba e tua permeada pelo compromisso de desenvolver a cidadania e estimular a visão crítica-reflexiva da realidade, evidenciando sempre a formação voltada para o conjunto da sociedade. Esta, entendida enquanto processo histórico de produção e construção humana que vai sendo engendrada e transformada a cada momento.

Além de ampliar a disseminar os valores de liberdade e igualdade - conquistas da sociedade paraibana, a Escola do Legislativo busca cumprir suas funções específicas no contexto institucional. A capacitação e a qualificação dos membros e dos servidores da Assembleia Legislativa e das Câmaras Municipais paraibanas serve para a melhoria do funcionamento do Poder Legislativo e o aperfeiçoamento da representação popular e do sistema democrático.

Nessa perspectiva, a prática pedagógica da Escola do Legislativo é permeada pelo compromisso de promover a cidadania e estimular uma visão crítica, criativa e reflexiva da realidade, evidenciando sempre uma atuação voltada para o conjunto da sociedade. Essa, entendida enquanto processo histórico de produção e construção humana que vai sendo engendrada, modificada e transformada a todo o momento.

Assim, empenhados no compromisso com a sociedade, buscando contribuir para o fortalecimento da democracia, para a consolidação de valores como a participação; a igualdade de direitos, deveres e oportunidades; a solidariedade; a inclusão; o respeito às diferenças e a justiça social, vislumbra-se uma postura social avessa ao preconceito e à intolerância, marcada pela cultura da paz e pelo respeito mútuo.

Cada área de formação compreende, em seus eixos temáticos, as seguintes ênfases: formação técnica, política, gerencial, humana e produção do conhecimento.