Curso de Francês

Sabemos que aprender uma língua estrangeira exige muita concentração, disciplina e força de vontade.

E ainda tudo fica ainda mais complicado com o francês, pois, ao contrário do que acontece com o inglês, não somos bombardeados de produtos culturais diversos em francês.

Se você possui dedicação e disciplina já tem as qualidade mais raras para o aprendizado. Contudo, ainda é preciso manter a motivação em alta, que fácil pode ser conseguido com o apoio dos colegas ou do professor quando seu ânimo fraqueja. Eis aqui algumas dicas que facilitarão seu aprendizado;

 

1.  Dicionário ajuda e muito!

Ao procurar uma palavra no dicionário, além de aprender seu significado, busque aprende-la em contexto. Fazendo isso, você não estará apenas expandindo seu vocabulário, mas está conhecendo versões diferentes da mesma palavra.

2.  Assista filmes e leia as legendas!

Assista a filmes franceses com legendas em francês. Você fica um pouco confuso (OK, muito!), mas ler e ouvir as palavras ao mesmo tempo ajuda a solidificar o significado no cérebro. Assistir filmes franceses dessa maneira também ajuda a aprender a entonação e o ritmo do idioma muito mais fácil do que apenas lendo livros ou ouvindo meus professores.

 

3.  Assista aos noticiários.

Uma forma interessante de contextualizar o aprendizado é assistir aos noticiários. Esta é uma maneira desafiadora e eficaz de ouvir o ritmo e a entonação da língua também.

 

4.  Procure na internet.

Uma dica para verificar o uso da gramática ao escrever textos: Copie e cole uma frase que você não tem certeza na Pesquisa do Google. Se o que você escreveu aparece nos resultados da pesquisa, a gramática e ortografias estão corretas. Se isso não acontecer, uma versão mais adequada do que você escreveu pode aparecer. Se nada for encontrado, você precisa repensar o que está dizendo.

 

5.  Leia livros e de preferência infantis.

Alem de ser uma ótima forma de ganhar exposição à língua na prática, as estórias são fáceis de seguir e (mais frequentemente do que em livros adultos) existem imagens para ajudar o leitor a compreender o contexto. O benefício adicional para a leitura de livros infantis é que você provavelmente vai ler um livro que faz parte da cultura do país que você esta aprendendo a língua.

6.  Comida é bom e eu gosto!

Aprender um novo idioma não é apenas aprender as palavras, é também à aprendizagem da cultura. Uma das melhores maneiras de aprender sobre uma cultura é comendo comidas típicas. Conheça a história de um prato e você vai aprender muito sobre as pessoas que o criaram: se eles eram pobres, se eles eram nômades ou se eles eram simplesmente engenhosos.

7.  Cante

Já diz o ditado: quem canta seus males espanta. Musicas em francês além de serem românticas aguçam o ouvido. Ouça Edith Piaf e Jaques Brel, pegue as letras das musicas e solte a voz!

8.  Envolva-se!

Se você tem um hobby, insira seu hobby na encontre revistas, noticias ou programas de televisão sobre isso e divirta-se.

 

9.  Fale, fale, fale.

Encontre um lugar fora da sala de aula para realmente falar o idioma que está aprendendo. Não importa o quão cedo você está no seu processo de aprendizagem, a exposição pessoal à língua falada é a melhor maneira de internalizar o que você está aprendendo com o seu livro, sem ter que viajar para um país onde sua língua-alvo é falada. Existem vários sites que você pode interagir com outra pessoa e conversar. Busque ter amigos franceses e converse, converse e converse!

10.  Viaje

Se você puder, vá a um lugar onde o idioma que você quer aprender é falado. Certifique-se de aprender algumas palavras-chave (,”s´il vous plait,”, “ merci” e “excuse moi” já é um bom começo) e algumas regras de etiqueta simples para não ser ignorado, ou pior, ofender alguém. Assim sendo não se deixe intimidar, a melhor forma de aprender p Frances é ser audacioso e achar lindo fazer “biquinho”!

 

 

Por que aprender francês?

ESTUDOS

• O ensino superior na França é essencialmente público e, portanto, gratuito.

• Qualquer estudante brasileiro que tenha obtido aprovação no vestibular em uma faculdade reconhecida pelo MEC pode candidatar-se para estudar numa universidade francesa.

• É possível candidatar-se para estudar num estabelecimento de ensino superior francês nos diferentes níveis: graduação, mestrado ou doutorado.

• Cerca de 10% dos estudantes na França são estrangeiros.

• O estudante brasileiro usufrui das mesmas condições que o francês: paga a mesma taxa de matrícula, tem direito a um auxílio-moradia.

• Existem vários programas de bolsas para estudar na França, vários acordos de cooperação universitária.

• As melhores escolas (politécnica da USP, FGV-EAESP, PUC-SP) assinaram acordos de duplo-diploma com universidades francesas, através dos quais, fazendo uma parte do curso lá, o estudante termina seus estudos obtendo os dois diplomas.

Em São Paulo, a rede Campus France orienta os brasileiros que pretendem estudar na França.(www.brasil.campusfrance.org)

TRABALHO

“Em matéria de investimentos estrangeiros no Brasil, a França ocupa a quarta posição, com cerca de 8 bilhões de euros. O número de empresas francesas instaladas no Brasil eleva-se a 400, empregando diretamente 250 mil pessoas. Praticamente todos os grandes grupos franceses, entre os quais 37 empresas cotadas no CAC 40, instalaram-se no conjunto dos setores da economia brasileira. Na área da energia, da defesa e da aeronáutica, nossos interesses em comum estão identificados e tenho certeza de que serão muito em breve concretizados, através de novos acordos, benéficos para nossos dois países.” Discurso de Jacques Chirac, por ocasião do encontro com os empresários e os círculos econômicos franceses implantados no Brasil (Brasília, 25 de maio de 2006).

CULTURA

Aprender francês é descobrir um novo universo cultural, em vários aspectos: artes visuais, artes plásticas, literatura, turismo, gastronomia, moda, design, cinema entre outros.

MUNDO

O francês é falado em 56 países e nos 5 continentes. É uma das línguas oficiais da cultura, do turismo, da ciência e tecnologia, dos negócios, do esporte e da diplomacia.