Pular para conteudo principal

Notícias

Deputados debatem eleições de conselhos tutelares e apontam denúncias

Publicado em 8 de outubro de 2019 às 14:26

WhatsApp Image 2019-10-08 at 12.28.42 PMOs deputados estaduais demonstraram preocupação com relação ao último processo eleitoral de conselhos tutelares realizado no último domingo (6), em toda a Paraíba. Durante sessão ordinária realizada nesta terça-feira (8), o deputado Ricardo Barbosa sugeriu a criação de uma comissão de parlamentares para, junto ao Ministério Público (MPPB), solicitar investigações do processo eleitoral.

Na tribuna da Assembleia, os parlamentares expressaram suas indignações com relação às denúncias em torno das eleições dos conselhos. O deputado Ricardo Barbosa declarou que apresentará em plenário requerimento solicitando a formação de uma comissão, com o objetivo de cobrar ao MPPB, ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) providências para o processo de eleição dos conselheiros.

De acordo com Barbosa, as graves denúncias relatadas são extremamente prejudiciais para a realização de um trabalho tão importante na defesa de crianças e adolescentes. “Tudo quanto é nocivo, danoso à democracia, à fundamentação lógica e de serventia do papel daqueles conselheiros está sendo afrontado. A eleição tem boca de urna, tem transporte, tem doação de cesta básica, tem dinheiro. Virou uma eleição com todos os vícios que vão se aprimorando nas práticas nocivas”, denunciou Ricardo.

O deputado defendeu que o Legislativo paraibano deva juntar-se aos demais Poderes para tratar do assunto e apurar as denúncias. “Não é possível que a gente tenha as eleições dos conselheiros tutelares com tantos vícios”, observou.

WhatsApp Image 2019-10-08 at 12.30.08 PMO deputado Felipe Leitão, além de parabenizar os conselheiros eleitos, também relatou denúncias de fraudes no município de Cabedelo. O parlamentar trouxe à Casa a informação de que uma das candidatas teria sido prejudicada pela produção de material de campanha com seu número trocado, confundindo o eleitor.

“Na cidade de Cabedelo, a eleição para o Conselho Tutelar foi um pouco atípica. O jogo lá foi sujo, foi baixo por parte, digamos assim, dos poderosos. Trocaram o número de uma candidata, fizeram vários panfletos e espalharam por toda Cabedelo para confundir o Cabedelense”, afirmou Leitão. O deputado declarou que irá à Justiça e ao MPPB solicitar apuração das denúncias.

Buba Germano ressaltou a importância dos Conselhos Tutelares na proteção da juventude no país e lamentou as supostas fraudes denunciadas no processo. “A escolha dos conselheiros tutelares no Brasil se transformou numa disputa eleitoral, onde se viu cabos eleitorais comprando votos”, declarou.