Pular para conteudo principal

Notícias

Taquígrafos serão homenageados durante sessão especial

Publicado em 10 de junho de 2019 às 10:30

O trabalho de um dos setores mais importantes da Assembleia Legislativa da Pareaíba será homenageado na próxima quinta-feira (13), durante sessão especial, pela passagem dos 70 anos da Divisão de Tradução e Revisão Taquigráfica da Casa de Epitácio Pessoa. A solenidade, proposta pelo deputado Eduardo Carneiro (PRTB), acontece no plenário Deputado José Mariz, a partir das 09h00.

A taquigrafia é responsável pelos registros dos anais da Casa. Esse material, após digitado e revisado, também fica à disposição dos parlamentares para consultas.

De acordo com o site www.taquigrafos.com.br  a palavra “taquigrafia” vem do grego, ou seja, “taqui”, significa velocidade (rápido) e “grafia”, escrita, logo, é uma técnica de escrita com velocidade por meio de traços geométricos (chamados taquigramas). A técnica é fonética.

A atividade surgiu na Antiga Roma, por volta do ano  63 antes de Cristo.  No Brasil, a taquigrafia coemeçou a ser utilizada em 1823 quando os primeiros profissionais brasileiros taquigrafaram os debates da Constituinte de 1824.

A técnica é muito utilizada em Câmaras de Vereadores, Assembleias Legislativas, Ministério Público e Tribunais,  além de empresas. Existem vários métodos de taquigrafia, como Duployé, Taylor, Gregg, Marti, Estenital, Maron, Leite Alves.