Pular para conteudo principal

Notícias

Assembleia concede cidadania paraibana aos jornalistas Suetoni Souto Maior e Beth Menezes

Publicado em 10 de abril de 2019 às 19:33

WhatsApp Image 2019-04-10 at 6.46.21 PM (3)A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta quarta-feira (10), uma Sessão Solene para conceder título de cidadão paraibano aos jornalistas Suetoni Souto Maior e Beth Menezes. A propositura, de autoria do deputado Raniery Paulino e do ex-deputado estadual Francisco de Assis Quintans, também teve objetivo de comemorar o Dia do Jornalista, celebrado em 7 de abril.

Para o presidente da Casa, Adriano Galdino, os homenageados representam a imprensa paraibana com compromisso pela transparência e honestidade. “A Assembleia reconhece o trabalho da Beth e do Suetoni, que são dois jornalistas muito éticos e que fazem um jornalismo plural, comprometido com a verdade. Através dessa sessão que homenageia esses dois paraibanos de coração e, agora, de fato e de direito, nós nos sentimos honrados em tê-los como companheiros paraibanos”, afirmou.

100419 - Cidadania PB a Suetoni e Beth Menezes - ©nyll pereira - 9O deputado Raniery Paulino ressaltou que os dois jornalistas têm uma trajetória de contribuição para a informação de qualidade para a população paraibana. “A concessão desse título de cidadania paraibana é, indiscutivelmente, um gesto de reconhecimento às valiosas ações desenvolvidas pelos homenageados ao longo de todo esse tempo em que residem no nosso estado, contribuindo com zelo e ética para o seu desenvolvimento. A Assembleia está honrada com esses dois grandes novos conterrâneos paraibanos, porque já eram defensores das cores da Paraíba”, explicou.

De acordo com Suetoni Souto Maior, que é de Pernambuco e tem família na Paraíba, a honraria representa um coroamento pelo trabalho desenvolvido por diversos veículos de comunicação no estado. “A solenidade foi uma forma para trazer ao meu dia-a-dia esse sentimento de paraibanidade, que eu acabei adquirindo com o passar do tempo com as histórias que eu ouvia da minha mãe e dos meus avós. Portanto, para mim, foi uma tremenda alegria”, comemorou.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 6.46.21 PMJá a carioca Beth Menezes, que também tem raízes na Paraíba, agradeceu o reconhecimento da Casa e recordou a trajetória profissional no estado. “Meu pai é do município de Monteiro e o destino quis que eu viesse para cá. Aqui, eu fiz um segundo curso e mestrado na UFPB, atuando, posteriormente, sempre em rádio e TV. Então, me sinto muito grata realmente por se lembrarem, mesmo eu estando um pouco fora do vídeo há alguns anos”, destacou.

Também participaram da Sessão Solene o secretário de Comunicação do Estado, Luís Torres; o procurador de Justiça, Valberto Lira; a gerente de conteúdo da Rede Paraíba de Comunicação, jornalista Tatiana Ramos; e o presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), o jornalista João Pinto. 

Perfis

Suetoni Souto Maior nasceu em Surubim (PE) e veio para a Paraíba, em 1994, para estudar na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e fixar residência em João Pessoa. É graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela UFPB e iniciou a vida profissional como repórter de esportes no Jornal A União, onde, posteriormente, trabalhou na editoria de Cidades e, em seguida, assumindo sua chefia. Foi correspondente, na Paraíba, da agência Nordeste Notícias e do portal de notícias Terra. Passou ainda pelo cargo de chefe de reportagem do Jornal da Paraíba e responsável pela coluna 360°. Em 2003, recebeu o Prêmio AETC, na categoria Jornalismo Impresso. Atualmente, Suetoni escreve para o portal do Jornal da Paraíba, onde tem um blog, e apresenta o programa CBN Cotidiano, da CBN Paraíba.

Natural do Rio de Janeiro, onde concluiu o curso de bacharelado em Letra – Língua Inglesa na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Beth Menezes veio para a Paraíba em meados da década de 1980, tendo ingressado no curso de graduação em Serviço Social da UFPB. A carreira na comunicação teve início no Sistema Correio da Paraíba, nas antigas rádios Antena 4 e Correio FM Classe A, hoje nominadas de Mix e 98 FM, respectivamente. Como apresentadora, iniciou em telejornal na TV O Norte e, posteriormente, na TV Cabo Branco, ancorando a o Bom Dia Paraíba durante 20 anos.

Ao mesmo tempo, atuava na Rádio Cabo Branco FM, do mesmo grupo. Beth Menezes trabalhou ainda na Rádio Arapuan FM, com participação no programa Rádio Verdade. Depois, passou exercer as suas atividades profissionais no setor público como editora-geral adjunta da ALPB, sendo também revisora de textos na Revista Política. Na área da docência, passou a ministrar aulas da disciplina Mídia, Ética e Segurança Pública no curso de Especialização de Oficiais, do Centro de Ensino da Polícia Militar da Paraíba (PMPB), além de integrar a equipe da TV Câmara de João Pessoa, comandando dois programas de entrevistas e debates.