Pular para conteudo principal

Notícias

Assembleia debate atenção ao portador de Alzheimer

Publicado em 15 de outubro de 2012

A Assembléia Legislativa da Paraíba realizou uma sessão especial na manhã desta sexta-feira (21), Dia Mundial do Mal de Alzheimer, para discutir os problemas enfrentados pelos portadores da doença no estado da Paraíba. O evento foi proposto pelo deputado Vituriano de Abreu (PSC), que é médico e presidente da Comissão de Saúde da ALPB.
Além de Vituriano de Abreu, o deputado Trocolli Junior (PMDB), a presidente da Associação Brasileira de Alzheimer na Paraíba (Abraz-PB), a psicóloga Regina Neves; a diretora cientifica da Abraz-PB, a médica Fátima Cartaxo; o presidente da Associação Paraibana de Esclerose Múltipla (APBEM), Severino Araújo; e o presidente da Associação Promocional do Ancião (Aspan), Fabiano Lucena, compuseram a mesa da solenidade.
De acordo com Vituriano de Abreu, a sessão teve o objetivo de mostrar a complexidade da doença, discutir a situação dos pacientes e o trabalho dos cuidadores, além de divulgar o mal para que toda a sociedade possa ajudar a combatê-la.
“Se nós passarmos para a população o conhecimento desta patologia, a sociedade pode colaborar. A Assembleia, como órgão público que tem de trabalhar em prol da população e pela sua função social em todos os aspectos, precisa dizer o que é necessário fazer em relação à doença, para que todos possam conhecê-la, tratá-la e preveni-la. A doença é progressiva, degenerativa e vai atingir boa parte da população. Portanto, tornar a doença bem conhecida é muito importante e a Assembleia está fazendo sua parte”, disse
Vituriano disse também que, apesar de ser degenerativa e progressiva, a doença pode ser evitada com exercícios para a mente. “Apesar da complexidade, é possível evitar que a doença acometa a população, com exercícios para o cérebro. Assim, a Assembleia Legislativa pode fazer sua parte, através da comissão de Saúde, e repassar a população e a imprensa o que realmente significa isso. Cada vez mais que a agente tem que mostrar de maneira clara e objetiva que o mal de Alzheimer é progressivo, crônico e degenerativo, mas também pode ser evitado e até tratado”, ratificou.

Melhor idade
O deputado Trócolli Junior destacou a importância de discutir e procurar soluções para o mal de Alzheimer e elogiou o deputado Vituriano e a ALPB pela realização, “que mostrar a preocupação da Casa com as pessoas da melhor idade”.
“Esta é uma das sessões mais importantes do ano, pois mostra que a Casa de Epitácio Pessoa está preocupada com a causa dos idosos, que é um dos setores menos assistido da sociedade. Aqui nesta Casa existem parlamentares preocupados com esta causa, os parlamentares continuarão levantando a voz em nome dos idosos. Temos aqui um presidente, o deputado Ricardo Marcelo, que desde que assumiu procurou fazer uma agenda positiva para mostrar que a Casa avançou, melhorou e tem compromissos com a população. Deixo aqui o meu compromisso de, a cada dia, lutar mais em prol das pessoas da melhor idade do nosso estado”, afirmou.
Trócolli Junior acrescentou que a ALPB também vai cobrar dos poderes Judiciário e Executivo (estadual e municipal) “a realização de ações, políticas públicas e melhor atendimento de saúde para os portadores de doenças crônicas, como Alzheimer e Parkinson, para assim dá mais dignidade aos idosos”.
Já a presidente da Abraz-PB, Regina Neves, destacou que quanto mais divulgar e informar sobre os cuidados que se dever ter com paciente e cuidador, mais qualidade de vida é dada aos afetados, direta e indiretamente, pelo Mal de Alzheimer. “Hoje é dia mundial da doença de Alzheimer e este ano o tema é ‘Quanto antes souber, mais tempo você terá para cuidar’. Então, esta sessão é importante para que a sociedade possa conhecer e ajudar a combater a doença”, disse.

União
O presidente da Associação Paraibana de Esclerose Múltipla (APBEM), Severino Araújo, também elogiou a Assembleia pelo evento. “São momentos como este, de um deputado estadual trazer esta discussão para Assembleia Legislativa, que nos faz vê que não estamos sozinhos na nossa luta”, afirmou.
Na solenidade, foram apresentados vídeos mostrando as dificuldades do relacionamento da família com os portadores, os obstáculos físicos e financeiros para tratar as pessoas afetadas pela doença. A poetisa Yolanda Pequeno Barbosa declamou alguns poemas sobre o envelhecer e emocionou todos os presentes.

Fonte: Cristiano Teixeira

Multimídia

Imagens em alta resolução

20120921125441
≪ Voltar para a Agência de Notícias