Pular para conteudo principal

Notícias

Assembleia Legislativa discute violência contra a mulher na Paraíba

Publicado em 18 de maio de 2017 às 20:01

180517 - Audiência Dda Comissão dos Direitos da Mulher - ©nyll pereira - 002 - _DSC7642A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta quinta-feira (18), uma Audiência Pública para discutir os principais problemas enfrentados pela mulher no estado. O evento, proposto pela deputada Daniella Ribeiro, contou com a presença da vice-governadora, Lígia Feliciano e de representantes de entidades de classe, como a Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB).

Na ocasião, foram discutidos temas como violência contra a mulher, discriminação, inserção da mulher no mercado de trabalho e ampliação das políticas públicas. “O nosso interesse maior é defender a mulher, seja na área de empreendedorismo, na educação, numa maior participação política. Por isso, essa Audiência reuniu diversos segmentos com sugestões para que avancemos nesse sentido”, afirmou Daniella Ribeiro, também presidente da Comissão de Direitos da Mulher na Assembleia.

A vice-governadora, Lígia Feliciano, ressaltou as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado. “O Governo do Estado tem investido em políticas públicas a favor das mulheres, com a Secretaria da Mulher, por exemplo. É preciso, no entanto, que esse debate seja encarado por toda a sociedade, para que esses direitos sejam ampliados, para que a mulher ocupe o espaço que merece”, disse.

Já a conselheira federal da OAB, Marina Gadelha destacou a importância da Audiência Pública para a superação dos principais problemas enfrentados pela mulher atualmente. “São vários segmentos reunidos neste encontro, com um só objetivo, que é buscar cada vez mais a inserção. Além da violência, temos ainda o preconceito contra a mulher, ainda muito forte. Essa iniciativa é muito importante para criarmos meios de vencermos essas barreiras”, pontuou.

A Audiência Pública reuniu mulheres de diversos setores da sociedade, a exemplo de professoras, advogadas e representantes de igrejas evangélicas. O evento aconteceu no Hotel Verde Green, na orla marítima de João Pessoa.